Curta nossa página no facebook

Candidíase.


Imagem: mundodanoticia.com.br

Candidíase ou monolíase é uma infecção provocada por fungos – o mais frequente é aCândida albicans – que pode acometer as regiões inguinal, perianal e o períneo. Apesar de não ser considerada uma doença sexualmente transmissível, pode ser transmitida através de relações sexuais. Mulheres e homens podem desenvolver a infecção.
Geralmente, a candidíase está associada à queda da imunidade, ao uso de antibióticos, anticoncepcionais, imunossupressores e corticoides, à gravidez, diabetes, alergias e ao HPV (papiloma vírus).
Sintomas
a) Nas mulheres
* Coceira na vagina e no canal vaginal;
* Corrimento branco, em grumos, parecido com a nata do leite;
* Ardor local e para urinar;
* Dor durante as relações sexuais.
b) Nos homens
* Pequenas manchas vermelhas no pênis;
* Edema leve;
* Lesões em forma de pontos;
* Prurido (coceira). Em casos mais graves distúrbios gastro-intestinais, respiratórios e outros problemas dermatológicos podem aparecer.
Diagnóstico
É feito pelo exame clínico ginecológico, de laboratório e pelo exame de Papanicolaou (conhecido também como Citológico, exame de lâmina ou preventivo).
Tratamento
O primeiro passo para o tratamento da candidíase é determinar as causas combatê-las e evitar recidivas.
Isso posto, são úteis os antimicóticos e pomadas antifúngicas de uso local, Quando eles não são suficientes, a conduta é prescrever medicamentos por via oral por tempo mais prolongado.
Recomendações
* Procure alimentar-se equilibradamente e levar vida saudável;
* Evite o consumo de bebidas alcoólicas e não fume;
* Use camisinha em todas as relações sexuais;
* Não se descuide da higiene íntima;
* Evite roupas justas demais e de material sintético;
* Prefira o papel higiênico branco e sem perfume;
* Não use absorventes internos;
*Não permaneça tempo prolongado com as peças intimas molhadas (calcinhas, biquines etc).
* Siga criteriosamente as recomendações de seu médico. Não suspenda o uso dos medicamentos sem sua recomendação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique aqui para saber mais

Clique aqui para saber mais